Notícias

Uma nova etapa no trabalho de controle dos Borrachudos, em Maratá. - 12/07/2019
Crédito: Eduardo Kleinschmitt Assessor de Imprensa / Prefeitura Municipal de Maratá.

Legenda: Na foto, medição da altura da água na calha de referência, na data de hoje, 11/07, na localidade de Linha Françosa.

Teve início na data do dia 10/07/2019, uma nova etapa no trabalho de controle dos Borrachudos, em Maratá.

O Projeto Municipal de Controle dos Simulídeos foi reelaborado no ano de 2018, a partir da orientação e coordenação do Centro Estadual de Vigilância em Saúde - CEVS/SES/RS.

Agora o Programa conta com responsabilidade técnica, calha de medição dos arroios, planilhas e sistemas que são alimentados para que ocorra a correta aplicação de Bti, que é o larvicida biológico que age nas larvas desses insetos que tanto incomodam, principalmente moradores da zona rural.

Há um calendário regional a ser seguido, em que Municípios da região fazem as aplicações do Bti no mesmo período, para ter maior eficiência. Com esse acompanhamento técnico, pretende-se controlar de forma mais eficaz o desenvolvimento do inseto e sua proliferação.

Além da aplicação do Bti é necessário que a comunidade rural se engaje junto à Prefeitura. Como?

Criadores de suínos e bovinos devem redobrar os cuidados para que nenhum dejeto chegue próximo aos córregos. Isso se faz com correto manejo do esterco dos animais de criação! Matas ciliares devem ser preservadas para proteger os córregos e arroios.

Os aplicadores municipais são Flávio Siqueira e Silberto Holdefer, servidores da Secretaria de Obras. Além disso, o Município conta com aplicadores voluntários, que possuem em sua propriedade córregos pequenos mas de grande importância. A equipe municipal foi treinada no mês de junho e os aplicadores também estão recebendo as informações de como o Programa vai funcionar.


horas

Horário de Atendimento

Segunda a Sexta
8h às 12h
13h às 17h

Contato Rápido

Desenvolvido por Stratton Soluções Públicas 2013 - 2019 ® Todos os Direitos Reservados