Notícias

Transporte de esterco de suínos terá novo modelo em Maratá - 13/01/2016


O Município de Maratá está implantando um novo modelo de transporte para o esterco líquido de suínos, o qual é colocado nas lavouras das propriedades rurais do município. O projeto de Lei foi enviado para a Câmara de Vereadores e aprovado no final de dezembro.

Após diversas discussões sobre o assunto, entre a Secretaria Municipal da Agricultura, vereadores e produtores rurais, ocorreu a criação do projeto. Além disso, o Secretário Municipal da Agricultura e Meio Ambiente, Elson Wadenphul, juntamente com uma comitiva, estiveram em diversas cidades com a intenção de observar como é realizado o mesmo processo nesses municípios.

Então, com uma visão e exemplos de outras cidades, as quais possuem um ótimo mecanismo de transporte dos dejetos, criou-se a mudança em Maratá. A Prefeitura não mais passará um recurso para uma empresa terceirizada e sim para os agricultores que possuem integrados de suínos. Assim, os produtores recebem um valor de acordo com o número de suínos alojados e também do tipo de alojamento. ?Cada propriedade será responsável por transportar o esterco líquido produzido nos chiqueiros, podendo realizar parcerias com vizinhos?, afirma Elson.

O transporte dos dejetos pode ser feito nas lavouras dos próprios criadores de suínos, como também podem ser feitas parcerias entre vizinhos. O valor será destinado para o custeio que os integrados terão para transportar o esterco líquido. ?Desta forma nós vamos, com o mesmo valor, atender a demanda existente no município e também diminuir o custo com o transporte?, afirma o Prefeito de Maratá, Fernando Schrammel.

 

Por Júlio Hanauer. 


Foto / reprodução da internet. 


horas

Horário de Atendimento

Segunda a Sexta
8h às 12h
13h às 17h

Contato Rápido

Desenvolvido por Stratton Soluções Públicas 2013 - 2020 ® Todos os Direitos Reservados