Notícias

Alerta sobre surtos de doença diarreica aguda - 13/10/2021
Crédito: Por Júlio Hanauer | Jornalista (0020329/RS)

O Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs) emitiu, na última semana, um alerta sobre surtos de doença diarreica aguda (DDA) em municípios do Rio Grande do Sul. Foi identificado, em algumas cidades, um vírus chamado norovírus, o qual pode causar doenças gastrointestinais. A contaminação pode ocorrer por meio da ingestão de água contaminada com o vírus, ou por alimentos contaminados e até mesmo de pessoa para pessoa.

Até a última sexta-feira, mais de 2 mil casos haviam sido notificados. O principal sintoma que se manifesta nesses casos é a diarreia. Além do aumento de evacuações, as pessoas podem ter dor abdominal, náusea, vômito e febre. Quando esses sintomas surgirem, recomenda-se repouso e que as pessoas bebam mais líquidos para garantir a hidratação do corpo, principalmente das crianças e dos idosos. Para os casos de sintomas graves, a recomendação é procurar a unidade de saúde mais próxima.

 

Recomendações a população em geral

 

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, as principais recomendações preventivas que devem ser seguidas pela população são:

- Consumir água de fontes seguras (potável) tratadas, que tenham processo de desinfecção por cloro ou outra tecnologia. Caso seja desconhecida a fonte, em situações de emergência, recomenda-se fervê-la antes do consumo e antes do preparo de alimentos por, no mínimo, 5 minutos.

- A higienização das superfícies, equipamentos e utensílios utilizados no preparo e consumo de alimentos deve ser realizada com água tratada e/ou fervida.

- O gelo para consumo ou conservação de alimentos deve ser oriundo de água potável e/ou fervida.

- Higienizar as mãos de forma adequada, lavando-as com água e sabão, principalmente após a utilização de banheiro, troca de fraldas, antes de preparar e manipular alimentos e antes das refeições.

- Afastar as pessoas doentes das atividades de manipulação de alimentos e reforçar a higiene pessoal mesmo após o desaparecimento dos sintomas.

- Realizar a limpeza da caixa d'água uma vez ao ano ou sempre que necessário.

- Ambientes de creches e escolas demandam uma maior atenção, visto que são locais mais comuns para esses tipos de surtos.



horas

Horário de Atendimento

Segunda a Sexta
8h às 12h
13h às 17h

Contato Rápido

Desenvolvido por Stratton Soluções Públicas 2013 - 2021 ® Todos os Direitos Reservados