Notícias

O mosquito Aedes aegypti está por perto novamente - 01/04/2021
Crédito: Júlio Hanauer

Transmissor da dengue, zika e chikungunya, o mosquito Aedes aegypti está em solo marataense novamente. A vigilância de endemias informa que após uma coleta de larvas na armadilha instalada nas imediações da Câmara Municipal de Vereadores, a análise laboratorial comprovou se tratar do mosquito vetor da dengue.

 

Para tanto, ontem e hoje, o agente de endemias iniciou uma vistoria em um raio de 300 metros no entorno da Câmara e já realizou a coleta de 11 frascos com amostras de larvas. Essa quantidade impressiona. O trabalho continuará nos próximos dias.

 

É importante que os cidadãos tenham cuidado em seus terrenos e pátios. Por isso, a sugestão é aproveitar o feriadão para verificar possíveis locais com água parada, eliminando os criadouros de mosquito.

 

Remova do seu pátio itens como pneus, lonas, piscinas não usadas e com água tratada, vasos de plantas, garrafas e outros itens que acumulam água. O esforço coletivo é necessário e trará resultados. Durante 1 ano Maratá não registrou larvas do Aedes aegypti, sendo configurado como município não infestado. Corremos o risco de voltar a ter o conceito de infestado se a população não colaborar. 


horas

Horário de Atendimento

Segunda a Sexta
8h às 12h
13h às 17h

Contato Rápido

Desenvolvido por Stratton Soluções Públicas 2013 - 2021 ® Todos os Direitos Reservados