Notícias

Denúncia anônima indica crime ambiental em Esperança - 05/02/2020
Crédito: Júlio Hanauer

O Departamento de Meio Ambiente recebeu uma denúncia anônima na tarde de segunda-feira, 3, apontando forte cheiro e a presença de várias carcaças de frango às margens do arroio na Localidade de Esperança, próximo à ponte, no interior do município. Junto dessas carcaças também havia resquícios de felino (gato), em decomposição.

Ontem, 4, a equipe da Secretaria de Obras, responsável pela aplicação do Bti (larvicida biológico de controle dos Borrachudos) nos arroios, tiveram que interromper as atividades normais para retirar esse material em decomposição.

Além do forte cheiro causado no local, da contaminação no arroio, o ato caracteriza crime ambiental, com pena e multa previstas na Lei de Crimes Ambientais 9605/98 e no artigo 61 da Lei 6514/08. A multa, por exemplo, pode variar de 5 mil a 50 milhões de reais.  Por enquanto, não foi possível identificar o autor da grave infração.

Conforme o departamento, vinculado à Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente, os aviários próximos não possuem a referida espécie de frango. Além disso, o nível de água no arroio é extremamente baixo, sem correnteza, o que torna impossível a probabilidade das aves terem sido jogadas mais acima do leito onde predominam as pedras. Portanto, suspeita-se que alguém trouxe os animais em algum veículo, ainda no final de semana, em horário de pouco movimento, pois moradores próximos não presenciaram o fato.

O Departamento de Meio Ambiente informa que esse descarte criminoso serviu de alimento para as larvas dos borrachudos, já que elas se alimentam de matéria orgânica. É um prejuízo a todos os cidadãos: o controle dos Borrachudos é prejudicado, as águas ficam contaminadas bem como funcionários expostos a cheiro forte e a situações insalubres.

Devido às dificuldades de saber de onde veio esse material, o departamento faz um alerta e pedido: "Se algum cidadão ver algo parecido acontecendo, deve denunciar imediatamente ao Departamento de Meio Ambiente (no horário de expediente e pelo telefone 51 3614 4135) ou à Patram pelo telefone 51 985 999 005 (fora do horário da secretaria, aos finais de semana e feriados), e, se possível, fotografar e gravar o ato. 


Galeria de Fotos

horas

Horário de Atendimento

Segunda a Sexta
8h às 12h
13h às 17h

Contato Rápido

Desenvolvido por Stratton Soluções Públicas 2013 - 2020 ® Todos os Direitos Reservados